9 de out de 2013

Um apê inteiro em 19 m²

Inspirada em imóveis do Japão, construtora brasileira lança microquitinetes por 266 mil reais em bairro nobre de São Paulo

São cada vez mais comuns apartamentos de 30, 40 e 50 m². Mas você acha possível morar em apenas 19 m²? É o que propõe a construtora Vitacon, que acaba de lançar o VN Casa Quatá, prédio residencial com unidades minúsculas, na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo. Na menor versão, há espaço apenas para uma cama de casal, duas minicabines de banheiro, um pequeno armário e a bancada da cozinha, com eletrodomésticos acoplados e lugar para duas pessoas sentarem. O projeto é do arquiteto José Ricardo Basiches, com consultoria do designer americano Graham Hill, especialista em poucos metros. Hill prega um estilo de vida mais simples, com menos coisas e custos, em seu site, Life Edited, ou “vida editada”, em português. Mas até para ele os 19 m² foram um desafio, já que ele nunca tinha trabalhado com um imóvel tão pequeno.
O tamanho minúsculo compensa no valor: com o metro quadrado a 14 mil reais, o total será de 266 mil reais. Considerando-se que se trata de uma região nobre, o preço final é bastante atrativo. A inspiração para os imóveis veio de quartos de hotéis e microapartamentos no Japão, onde cada centímetro é bem aproveitado. Afinal, Tóquio é uma das cidades com maior densidade populacional do mundo, com 14 mil pessoas por km² e residências com tamanho médio de 60 m². Por aqui, haverá também uma versão com 23 m², com direito à varanda, e apartamentos maiores, de até 52 m², no mesmo condomínio. O público-alvo do empreendimento são executivos e estudantes, já que a região tem muitas universidades. A obra começará em breve.
Fonte: http://revistacasaejardim.globo.com

Nenhum comentário: