17 de out de 2010

Arquitetos britânicos constroem casa com fibra de maconha



Arquitetos da University of Bath, na Inglaterra, desenvolveram uma casa feita com fibra de cânhamo, palha e outros materiais de baixo impacto ambiental. O resultado foi uma residência capaz de suportar um furacão e oscilação de temperaturas.
Em parceria com o escritório da arquiteta ModCell, os profissionais estudaram por um período de sete meses a maneira ideal de construir a casa. As principais matérias-primas usadas na obra foram fibra de maconha e palha, que são considerados materiais com pegada de carbono zero. Outros itens necessários e essenciais para uma obra deste tipo também foram usados, porém, sempre preservando as características sustentáveis do projeto.
A pequena casa de dois andares passou por uma série de testes que avaliaram a sua resistência. A construção, feita com painéis pré-fabricados, constituídos por uma armação estrutural de madeira, preenchidos com fardos de palha ou de cânhamo e fundidas com um sistema respirável à base de cal, foi aprovada em todos os testes e seus idealizadores garantiram que ela suporta até um furacão. Eles também testaram como a variação extrema de temperatura afetaria a casa, que se mostrou resistente ao calor e ao frio. Além de resistente, a palha proporciona um isolamento térmico natural à casa, diminuindo os gastos necessários com sistema de condicionamento térmico.
Os arquitetos brincam que a nova casa acaba com o mito da história dos três porquinhos, quando o lobo mau derruba a casa de palha somente com o assopro. Eles confirmaram que a palha pode ser um dos materiais usados para as construções sustentáveis e que é possível diminuir o impacto ambiental causado pelo ramo das construções.

Fonte: http://ciclovivo.com.br